Prêmio Caio

Detalhe do Case

Prêmio Caio 20ª Edição

Case: Westrock Wake Up Call Valinhos

Candidato: F/Malta
Cliente: WestRock Celulose
Segmento: Eventos
Estado:

A Agência F/Malta cria ações inovadoras, eventos marcantes e campanhas memoráveis. Nosso objetivo é fazer com que os clientes sintam a emoção em cada proposta, em cada job, com uma entrega que conte a melhor história para nossos clientes e para os clientes deles. Nossa criatividade tem que brincar o tempo todo, e Einstein chama isso de inteligência, por isso nosso slogan: “Let’s Play”. Porque com atitude brincante, rompemos os padrões do mercado, com força, leveza e criatividade, vamos além, em tudo o que criamos.
Há mais de 75 anos no Brasil, a multinacional americana WestRock é uma fornecedora de soluções únicas em papel e embalagens em papelão. No mundo, a empresa ocupa a vice-liderança em seu segmento de atuação, com 300 unidades fabris e presença nas Américas, Europa e Ásia-Pacífico. No ano fiscal de 2017, teve vendas líquidas consolidadas acima de US$ 14 bilhões. No mesmo período, a operação brasileira, a de maior rentabilidade no universo da WestRock, registrou faturamento da ordem de R$ 1,4 bilhão.
Reconhecida pelo alto rendimento de seus papéis, a WestRock utiliza em suas embalagens cerca de 70% do papel que produz em Três Barras, os 30% restantes são vendidos a terceiros no mercado interno e externo. Para as caixas de papelão ondulado, conta com unidades de conversão, em Blumenau (SC), Araçatuba (SP) e Pacajus (CE). Em outubro de 2019, será inaugurada na cidade de Porto Feliz, no interior paulista, a sua maior fábrica de papelão ondulado da América Latina – um investimento de US$ 125 milhões. Com o início da nova operação, que ampliará em 25% a capacidade instalada da empresa no país, será totalmente desativada a unidade de Valinhos, no interior paulista, inaugurada em 1940.
 

Vídeo

O encerramento das atividades em Valinhos, após 75 anos, vem ocorrendo de forma progressiva ao longo dos últimos dois anos e resultará na dispensa de cerca de 500 funcionários. O que exigiu ações que protegessem a imagem corporativa da empresa e mitigassem os impactos sociais que o fechamento da fábrica traria aos empregados e, consequentemente, aos seus familiares e à comunidade em geral. Além disso, os funcionários impactados foram informados, individualmente, sobre o seu futuro na empresa, sempre de forma transparente e respeitosa, valores presentes na cultura da companhia. A WestRock garantiu condições adicionais às obrigações legais de desligamento para os funcionários que não forem transferidos. Todos os casos foram apresentados e discutidos com o sindicato de trabalhadores, que avalizou os acordos.



Depois de uma minuciosa análise do cenário, a equipe da F/Malta percebeu que para atender o briefing do cliente, a tática mais eficaz a curto prazo e com menor risco de exposição da WestRock seriam ações diretas envolvendo os funcionários e suas famílias e expandindo para a população de Valinhos de pouco mais de 120 mil pessoas. A ideia foi desenvolver um projeto com foco no bem-estar das pessoas que trabalharam por anos na WestRock, tendo como objetivo a humanização do problema, gerando um senso de empatia dos colaboradores. Foi assim, que despertamos em cada funcionário o protagonismo em suas vidas a partir do rompimento do contrato de trabalho com a companhia.

O projeto da F/Malta consistiu em plantar uma semente transformadora na vida das pessoas para que a transição ocorresse de forma natural. Criou-se um cronograma tendo como base três pilares que derivam do lema principal da WestRock: “Vencendo Juntos”. As mensagens tinham o objetivo de explicar que vencer juntos é uma forma de ter inspiração para reconhecer a própria força e superar dificuldades; é, também, motivação para atingir objetivos; e, é valorizar a importância de cada pessoa para a empresa, apesar de ela estar saindo do dia a dia da cidade. Cada pilar veio acompanhado de um conjunto de iniciativas que sustentavam o posicionamento da companhia. Para isso foi criada uma identidade visual, uma assinatura para amarrar e complementar o projeto. Assim nasceram o Vali + Inspirar, com uma programação de palestras “inspiracionais”; o Vali + Motivar, que trouxe também palestrantes com temas motivacionais: e o Vali + Conhecer, com captação de depoimentos de funcionários da fábrica de Valinhos. Nesse último, foram gravados vídeos que retrataram a relação entre funcionários e a WestRock, além de relatos de histórias vividas por alguns empregados durante os 75 anos que a empresa atuou no município. Todos os depoimentos gravados foram apresentados no início das palestras (motivacionais e inspiracionais) e também na celebração de final do ano de 2018 de Valinhos.

                   Na execução da programação do Vali + Inspirar foi reservado um espaço dentro da fábrica em Valinhos para a realização das palestras, com estrutura simples e personalizada. Dois palestrantes, Chico Ferraz, um ex-vendedor de pastéis no interior do Rio Grande do Sul, e o pipoqueiro Valdir Novak, contaram suas histórias inspiradoras de superação a partir de uma situação de ruptura, a exemplo do que estava acontecendo com os funcionários da fábrica de Valinhos. Eles precisavam dessa inspiração para mudar e continuar suas vidas. Em duas sessões de palestras mais de 400 pessoas compareceram. No caso do Vali + Motivar, a palestra com o ex-comandante do Bope e consultor dos filmes Tropa de Elite 1 e 2, Paulo Storani, foi aberta também aos moradores da cidade e teve como palco o auditório da Câmara Municipal de Valinhos. As inscrições dos interessados eram feitas mediante a doação de alimentos não perecíveis. A palestra de Storani contou com a presença de mais de 180 pessoas, entre convidados da WestRock e pessoas da comunidade.

 

Palestra Motivacional com Chico Ferraz

Local: Fábrica WestRock, Valinhos, SP

Data: 26.02.2019

Montagem: 25.02.2019 Desmontagem: 26.02.2019

Horário do evento: Sessão 1: 12h30 - mais de 160 pessoas presentes

Sessão 2: 19h30

Público: mais de 240 pessoas presentes

 

Palestra Motivacional com Valdir Novak

Local: Fábrica WestRock, Valinhos, SP

Data: 27.03.2019 Montagem: 26.03.2019 Desmontagem: 28.03.2019

Horário do evento: Sessão 1: 10h00 2: 19h30

Público - mais de 210 pessoas

 

Palestra Inspiracional com Paulo Storani

Local: Auditório da Câmara Municipal de Valinhos, Valinhos, SP

Data: 25.04.2019 Montagem: 25.04.2019 Desmontagem: 25.04.2019 Horário do evento: 19h30 às 22h

Público: mais de 180 pessoas presentes



Fizemos uma espécie de museu da memória, uma plataforma online que tem como peça museológica o depoimento de vida das pessoas. Construímos também um painel da memória dos funcionários WestRock de Valinhos. Conseguimos uma sala exclusiva dentro da fábrica para gravar pequenos depoimentos. Com isso, materializamos os valores da companhia pelos olhos dos mais de 500 funcionários da fábrica através da linha do tempo da história da marca. Ao final, os depoimentos ficaram expostos para que os próprios funcionários e seus familiares tivessem acesso a essas histórias e relembrassem os melhores momentos que passaram ao longo de gerações.

Na semana que antecedeu a Festa de Final de Ano 2018, uma equipe de captação instalada em uma das salas na fábrica registrou depoimentos de alguns funcionários. Esses depoimentos foram compilados em um vídeo e apresentado durante a festa de enceramento do ano de 2018, como forma de motivar e instigar as pessoas a participar da ativação.

Também inauguramos uma cabine de captação da memória na Festa de Final de Ano 2018 - tivemos um espaço para fotos, registrando em um momento alegre e descontraído as histórias dos empregados e seus familiares. A cabine também foi levada à fábrica após a festa e ficou disponível para que todos os funcionários pudessem se manifestar sobre a empresa por aproximadamente dois meses.

 

 

Galeria de Fotos

O fechamento da fábrica de Valinhos foi necessário para a atualização dos processos produtivos da empresa que, com a nova unidade em Porto Feliz, vai ganhar em modernidade (já é a fábrica mais moderna da América Latina), aumento de produção e produtividade. Um passo que se tornou necessário para a expansão da marca no Brasil que, também, vai levar a sua cultura de cuidado com os colaboradores para Porto Feliz.

 

O maior retorno nessa ação foi ter conseguido minimizar os impactos sociais e financeiros que o fechamento de uma fábrica do porte da WestRock causa em uma comunidade como a de Valinhos e, ao mesmo tempo, contribuir efetivamente para que os funcionários conseguissem “refazer” suas vidas profissionais com mais tranquilidade, com conhecimento sobre educação financeira, sendo estimados por outras histórias de superação etc. Esse foi o ponto mais sensível e de conquista para a empresa; ver que a maioria dos funcionários desligados continuavam enxergando na WestRock uma parte de sua família, com sentimentos positivos e um sorriso no rosto.