Prêmio Caio

Detalhe do Case

Prêmio Caio 20ª Edição

Case: Inauguração da Casa Firjan

Inauguração Casa Firjan

Candidato: Firjan
Cliente: Firjan
Segmento: Eventos
Estado:

A FIRJAN
A Firjan é uma organização privada e sem fins lucrativos, com mais de 7.500 empresas associadas.
Sua missão é “promover competitividade empresarial, educação e qualidade de vida do trabalhador da indústria e de toda a sociedade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do estado do Rio”. 
Composta por cinco instituições que trabalham de forma integrada para o crescimento da indústria fluminense. Juntas, Firjan, Firjan CIRJ (Centro Industrial do Rio de Janeiro), Firjan SESI, Firjan SENAI e Firjan IEL promovem ações nos níveis econômico, político e social para garantir uma posição de destaque para o estado no cenário nacional. Todas as instituições se caracterizam hoje fortemente como prestadoras de serviços às empresas e à sociedade.

  • Firjan e Firjan Cirj: competitividade empresarial e defesa de interesse.
  • Firjan SESI: Qualidade de vida do trabalhador.
  • Firjan SENAI: Educação técnica, profissional, inovação e tecnologia.
  • Firjan IEL: Educação executiva.
 
A CASA FIRJAN - HISTÓRIA
A Firjan adquiriu em 2011 o Palacete Linneo de Paula Machado com o objetivo de construir um legado para o estado do Rio de Janeiro e estabelecer ali um lugar que fosse a vitrine dos desafios contemporâneos da indústria e da sociedade.
O valor histórico do Palacete Guinle, como é mais conhecido, vai muito além da arquitetura. Construído no final do século XIX pelos Guinle, o imóvel foi residência permanente de uma das famílias mais tradicionais e influentes do Rio, tendo, por esta razão, sua própria história fortemente vinculada ao contexto histórico da cidade. Além de ter sido palco de acontecimentos ligados à sua crônica social, o espaço foi palco de decisões que repercutiram na vida da cidade e do país.
Em sua dimensão urbana, a história da família se confunde com o desenvolvimento do bairro de Botafogo. O jardim da Casa era utilizado como centro de convivência e encontro de pessoas influentes da época. Hoje, Botafogo é o centro de negócios da Zona Sul do Rio de Janeiro e sede de grandes empresas brasileiras. É o segundo bairro com maior concentração de empresas criativas por m², perdendo apenas para o Centro da cidade.
É importante ressaltar o protagonismo da família Guinle em diversos setores da economia brasileira. Foram fundadores da Companhia Docas de Santos, controlando durante 92 anos o maior porto do país. Também fundaram e presidiram durante os primeiros anos a Companhia Siderúrgica Nacional. Além disso foram os responsáveis pela   construção do Copacabana  Palace,  Palácio  Laranjeiras  e Parque Guinle. No ramo do esporte e entretenimento, foram os fundadores do Fluminense e construíram a Granja Comary.
Na década de 40, quando o Brasil estava passando pelo processo de se tornar uma república industrial moderna, a Casa despontou como local de encontro entre empresários e autoridades responsáveis por formatar a indústria que conhecemos hoje. Pode-se dizer que a indústria brasileira nasceu aqui. Portanto, restaurar esse patrimônio é resgatar a importância do Rio e de Botafogo na história nacional.
Para somar ao Palacete, em 2012 foi encomendado através de um concurso de Arquitetura um projeto para construção de um novo prédio que atendesse às demandas de qualificação, formação e experimentação : https://www.youtube.com/watch?v=dOD3600mK_w.
Batizado de Casa FIRJAN, o centro composto pela casa, pelo novo prédio SENAI e pelo espaço SESI, se propõe a ser um espaço de articulação e reflexão empresarial para os diversos segmentos da indústria, engajamento por meio da cultura e arte do SESI, de cursos do SENAI e educação executiva do IEL, com formação para profissionais e empresários em competências inovadoras.
 
O QUE É A CASA FIRJAN?
A Casa Firjan é um lugar comprometido com a reflexão e a criação de propostas e soluções inovadoras para os desafios da nova economia numa sociedade em constante transformação.
Com um modelo de atuação único, funciona ao mesmo tempo como um núcleo de empreendedorismo e inovação, com cursos alinhados às novas exigências do mercado de trabalho e também como um ambiente de debate e elaboração de políticas públicas. No espaço as soluções serão propostas, pensadas, debatidas e testadas.
Reunindo um casarão histórico, um prédio novo de quatro andares, duas casas geminadas e jardim — são 10.000 metros quadrados de terreno e 7.500 de área construída —, o complexo abriga palestras, workshops, cursos, aulas imersivas e laboratórios, além de atividades culturais, como exposições, apresentações musicais e sessões de cinema ao ar livre.
Com um portfólio diverso e abrangente, o espaço oferece eventos, palestras, exposições, laboratórios de tendências, além de uma oferta de cursos alinhados às competências exigidas para os profissionais e líderes do futuro.
As novas tecnologias vêm mudando as relações de trabalho e a lógica de geração de riqueza na economia e os profissionais criativos tendem a funcionar como uma bússola para a Indústria Clássica, mapeando e sugerindo a direção das novas relações entre desenvolvimento, produção e consumo.

DESAFIOS DA INDÚSTRIA
Em um mundo onde as fronteiras reais são cada vez menos relevantes, novos hábitos de consumo surgem. E, para acompanhar essas transformações na sociedade, ferramentas digitais têm assumido papel decisivo nas estratégias empresariais, possibilitando a criação de novos modelos de negócio.
Para atender a esses novos desafios, a Firjan inaugurou a Casa Firjan, um espaço para ser um “núcleo” de pensamentos para o futuro da indústria e busca por soluções não apenas para as questões que já existem, mas também para aquelas que ainda nem foram criadas.
 
PORTFÓLIO
  • Pensamento: Refletir e construir propostas legítimas e capazes de influenciar políticas públicas sobre temas de interesse local e nacional, a partir da promoção do diálogo com diversos segmentos da sociedade.
  • Educação: Cursos com metodologias ativas e imersivas, profissionais de referência em suas áreas de atuação e interface com desafios reais, em ambientes de aprendizagem versáteis e laboratórios de alta tecnologia.
  • Projeto de inovação: Soluções para desafios contemporâneos, utilizando metodologias, abordagens e infraestrutura inovadoras: prototipagem, cultura maker, consultorias.
  • Lab de Tendências: Publicações, seminários, ciclo de palestras com metodologia própria desenvolvida para antecipar tendências e grandes movimentos com potencial impacto nas diretrizes e estratégias dos negócios.
  • Atividades culturais: Exposições com temáticas que valorizam o papel da sociedade e da indústria como agentes de transformação, promovendo atividades culturais e lúdicas que buscam inspirar e engajar o público.

Vídeo

PROPOSTA DE BRIEFING

Realizar o Festival de Inauguração da Casa FIRJAN, em três dias, composto por coquetéis, exposições, oficinas, palestras, shows de música, vídeomapping e visitas guiadas. O público teve oportunidade de conhecer o novo espaço, saber mais da história da indústria, realizar networking e ter acesso à informação qualificada.



Os eventos deveriam ocorrer em sinergia, passando uma mensagem única, e traduzindo o posicionamento de inovação criativa da FIRJAN, de forma a valorizar a Indústria do Rio de Janeiro, mostrando seu poder de transformação ao desenvolver produtos e negócios que impactam a sociedade e que, ao mesmo tempo, respondem aos desafios inerentes a essa transformação.

 

PÚBLICO

Conselheiros, empresários associados, executivos, cônsules, embaixadores, profissionais, empreendedores, universitários, startups, influenciadores, colaboradores e imprensa.

 

OBJETIVOS


  • Ser reconhecido como um local que reflete e constrói propostas legítimas

  • Desenvolver competências inovadoras

  • Desenvolver soluções para desafios contemporâneos

  • Impactar nas diretrizes e estratégias dos negócios

  • Promover atividades culturais e lúdicas que buscam inspirar e engajar o público


 

DESAFIOS E SOLUÇÕES

1º Desafio
: Aceitação do público residente com a Casa Firjan, por se tratar de um espaço totalmente residencial.


  • Solução: Elaboração de plano de comunicação com detalhamento de ações para moradores do bairro, incluindo um estande com visita guiada para conhecimento da proposta (392 visitas) e integração dos moradores com o projeto.


2º Desafio: Como inserir uma grande célula empresarial no bairro conhecido por abrigar o polo criativo de empresas.


  • Solução: Reuniões com empresários/formadores de opinião para apresentar o projeto e demonstrar como a Casa Firjan poderia agregar valor ao bairro, notoriamente conhecido por ser o polo da indústria criativa no Rio de Janeiro.


3º Desafio: Respeitar as limitações do bairro de Botafogo com relação a obra, interferindo o mínimo possível do dia a dia dos moradores e frequentadores.


  • Solução: Reuniões periódicas com a comunidade, associação de moradores e a Prefeitura, bem como distribuição de cartas comunicando toda as etapas da obra e disponibilidade do estande para quaisquer interlocuções.


4º Desafio: Desenvolver um projeto arquitetônico que convivesse com o patrimônio histórico, tanto do Casarão quanto dos demais imóveis do bairro (corredor cultural).


  • Solução: Promoção de prêmio para criação de projeto sustentável e acessível, que inspirasse e apontasse para o futuro, criando encontros e conexões entre as pessoas.


 

5º Desafio: Ter a Casa como símbolo do lançamento do novo branding da Firjan, reforçando os atributos da marca: modernidade, inovação e protagonismo.


  • Solução: Realização de 3 dias de eventos para formadores de opinião, empresários, colaboradores, imprensa e público em geral. 

Galeria de Fotos

CONCEITO

A CASA FIRJAN. A PROTAGONISTA DA TRANSFORMAÇÃO.

Cocriarmos hoje o amanhã do Rio.

E isso é o que a Firjan já faz. Cocriar = CRIAR JUNTO

Cocriar soluções com os associados e parceiros.

Cocriar oportunidades com cada aluno de seus cursos.

Cocriar desenvolvimento com governantes e legisladores.

Cocriar novas realidades.

Tudo o que fazemos, fazemos juntos.

A transformação faz parte da Firjan, da sua atuação, da indústria.

Porque, acima de tudo, vivemos para transformar.

A partir da informação e da formação, sim, mas de muito mais.

A transformação não é imperativa.

É um convite ao fazer juntos.

É colaborativa.

É troca.

É constante.

A GENTE VIVE PARA TRANSFORMAR



ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO


  • O evento de inauguração foi um evento fechado, pois houve criteriosa seleção de convidados.

  • Relacionamento com assessoria de imprensa pré, durante e pós evento para dar visibilidade à inauguração da Casa (pautas exclusivas).

  • Relacionamento com colaboradores para divulgar o lançamento;

  • Relacionamento com vizinhança;

  • Geração de conteúdo junto a influenciadores

  • Pós evento: plano de comunicação atrelado à campanha institucional com o novo branding da Firjan.

  • Pós evento: comunicação perene e divulgação do portfolio da Casa Firjan. 




O EVENTO

31 de julho de 2019



  • Descerramento da placa de inauguração;

  • Palestra de Renato Mendes (autor do livro “Mude ou Morra”);

  • Palestra Cristiane Alves (Gerente Geral da Casa Firjan): “Nessa velocidade de transformação, temos de ser ágeis” 


1º de agosto de 2019


  • Colaboradores conhecendo a Exposição


 

2 de agosto de 2019


  • Networking de associados e convidados no prédio SENAI.

  • Palestra de Thiago Mattos, considerado um dos principais futuristas do Brasil.

  • Palestra de Vivienne Ming, neurocientista nomeada pela revista Inc. como uma das 10 mulheres em tecnologia a serem seguidas 




AÇÕES DESENVOLVIDAS

A mensagem da exposição foi: SE APROXIMAR, SE RECONHECER, FAZER PARTE.

As conexões unem a indústria às artes, os empreendedores aos artistas e colaboradores, Casa e público, e o “cortar dessa fita” é um momento emblemático para a marca, mensagem presente nas exposições e visitas guiadas. A exposição foi dividida em 4 partes: PIONEIROS, CONEXÕES, CONVERGÊNCIA E HORIZONTES.

 

  • A exposição Pioneiros é focada nas biografias dos grandes fundadores da indústria fluminense, suas áreas de atuação, relações, e as conexões e influências entre eles. A Casa Firjan incorpora o storytelling da casa an8ga — com destaque para Guilherme Guinle, que narra as histórias no audio-guia.


Guilherme Guinle (introdução)

Rede de Pioneiros: a gênese da Firjan: as conexões entre os pioneiros.

Biografias: Barão de Mauá, Alfredo Rocha Coelho (América Fabril), José Antonio C Granado (Casa Granado), Família Guinle, Família Lage, Irineu Marinho, Manuel Guilherme da Silveira (Fábrica Bangu), Fred Figner (Ind. Fonográfica), Percival Farquhar (Light), Eduardo Pederneiras (Constr. Civil), Antonio Guedes Muniz (Ind. aeronáu+ca, 1930s), João Gelli (Ind. Moveleira)

Fotos de família: porta-retratos

Fotos da casa, sua história, significado e restauro. 

  • A exposição se estende para a área da CONEXÕES, uma homenagem à indústria.


Cada história, tema, case, desafio, solução, criação está conectado(a) com a indústria. A transformação, a mudança de percepção e de paradigma permeiam tudo. como a indústria se redefine para continuar transformando, inspirada em mudanças de comportamento e em novos modelos de trabalho. A motivação do homem de se adaptar percorre toda a exposição Transformação.

 

  • A exposição se direciona para um terceiro momento: CONVERGÊNCIA.


A convergência entre indústria, cultura, sociedade e meio ambiente para definir novos processos sustentáveis. O presente é focado nas empresas exemplares dessa convergência, e é feito de ilhas de conteúdo, que juntas dão o panorama atual: ideias que estão transformando a maneira de se pensar a indústria.

 

  • E para fechar a exposição, os horizontes possíveis: panorama das novas tecnologias que irão afetar como viveremos no futuro, e os novos comportamentos que moldarão as novas tecnologias.


Bigdata, cloud robo5cs, IoT, AI, nanotech, VR/AR, blockchain. o futuro mostra questionamentos. É didático, fala sobre motivação, transformação, desafios e desejos.

Desafios tecnológicos, mudanças de comportamento e novos modelos de trabalho. Por exemplo, qual será o principal uso do grafeno. Como o uso do blockchain transformará a indústria.

RETORNOS DA EQUIPE


  • 06 profissionais da Gerência de Eventos da Firjan

  • 10 promotoras

  • 15 uniformes personalizados

  • 1 coordenador receptivo

  • 6 produtores

  • 1 produtor de base

  • 1 coordenador

  • 40 radio transmissores

  • 3 brigadistas

  • 1 ambulância

  • 1 médico

  • 2 socorristas

  • 2 tradutores

  • 500 fones de tradução 


Pode-se perceber a repercussão após o evento de inauguração com todos os dados de comunicação apresentados, no desdobramento do digital e no impacto da campanha da Casa Firjan, atrelada a campanha institucional da Firjan.

 

Além disso, outro dado relevante é a quantidade de púbico presente nos 4 eventos realizados na Casa Firjan, 779 pessoas, em um espaço com lotação máxima (200 pax), onde teve lotação máxima todos os dias.

 

Assim como o evento de inauguração, a programação da Casa sempre conta com os palestrantes mais atuais para retratar e reforçar a sua proposta.

 

A Casa Firjan é sinônimo para a cidade do Rio de Janeiro como um local para grandes reflexões e com uma proposta de agregar muito para a indústria do futuro.

 

 

Galeria de Fotos