Prêmio Caio

Detalhe do Case

Prêmio Caio 20ª Edição

Case: Mato Grosso do Sul: captação e realização do 1º AdventureNEXT Latin America

Candidato: Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul
Cliente: Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul
Segmento: Eventos
Estado:

O mundo do mercado de ecoturismo e turismo de aventura esteve com os olhos voltados para Mato Grosso do Sul de 07 a 09 de novembro de 2018, quando Campo Grande, capital do estado, foi palco do 1º AdventureNEXT Latin America, maior evento de ecoturismo e turismo de aventura da América Latina. O evento contou com a participação de cerca de 400 profissionais do setor entre receptivos locais, operadores e jornalistas nacionais e internacionais que visitaram destinos turísticos de Mato Grosso do Sul, participaram de palestras, treinamentos e workshops, presstrips e famtours, fizeram networking e negócios.

A captação do evento foi uma parceria firmada no dia 09 de março de 2018, durante a feira ITB Berlim, na Alemanha, entre o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Fundação de Turismo (Fundtur-MS), juntamente com a Adventure Travel Trade Association (ATTA) e Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

O Estado competiu internacionalmente com o Chile e o Equador e foi o escolhido como destino sede do 1º AdventureNEXT Latin America, que aconteceu pela primeira vez no Brasil e é especializado em ecoturismo e turismo de aventura.

Vídeo

Galeria de Fotos

O Brasil é um país grande com grande apelo turístico porém, devido a essa diversidade, é necessário que cada estado se apresente e se diferencie a fim de ganhar seu espaço e se sobressair perante o público final e de operadores internacionais. 


O desafio era evidenciar o Mato Grosso do Sul e seus atrativos turísticos como a melhor opção de ecoturismo e turismo de aventura no Brasil. Além disso, era necessário conectar o estado a outros destinos do país, visto que os turistas internacionais têm interesse em conhecer vários lugares na mesma viagem pelo Brasil. 

Por outro lado, também havia o desafio de encontrar operadores emissivos com real interesse e potencial de trabalhar com o nosso destino.

A meta principal no desenvolvimento do 1º AdventureNEXT América Latina e suas atividades foi posicionar o Mato Grosso do Sul no mercado internacional como destino de ecoturismo dentro do Brasil, proporcionar que as delegações internacionais qualificadas conhecessem o produto turístico sul-mato-grossense in loco para que ele seja comercializado nos países participantes e que têm afinidade com o ecoturismo.

Galeria de Fotos

O 1º AdventureNEXT América Latina reuniu 230 delegados de 24 países que compartilhavam o desejo de apoiar o crescimento e desenvolvimento da região, bem como o setor de viagens de aventura em geral. O evento combinou várias atividades, dentro e fora de Mato Grosso do Sul, colocando uma ênfase especial na região.



As delegações participaram de pré-tours em Bonito e Pantanal no MS, na Amazônia, Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro e outros destinos que possam fazer parte de roteiros turísticos integrados com Mato Grosso do Sul, dentro do Brasil. Eles também tiveram a oportunidade de desfrutar da cultura e cozinha regional e tradicional dos destinos durante todo o evento. As delegações dos vários países participantes também foram convidadas a participar de capacitação voltadas para buyers e equipes dos Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs).



O AdventureNEXT é um evento com um formato que permite que todos esses objetivos sejam atingidos. As atividades que compõem sua programação (famtours, palestras, rodadas de negócios e eventos) permitem que os participantes tenham todas as vivências necessárias e consigam realizar os contatos necessários para efetivamente inserir o Mato Grosso do Sul em sua comercialização. 



Para maior possibilidade de retorno do evento, operadores emissivos associados da ATTA  e dos países determinados como principal público-alvo foram convidados a se inscrever para participar do AdventureNEXT. Para isso, preenchiam um formulário informando o motivo de seu interesse e a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul também realizou uma pesquisa em seus sites para confirmar os destinos que trabalhavam, seu perfil e se já tinham América do Sul, Brasil e o MS em suas prateleiras. Com essa pesquisa, foi possível atrair para o evento profissionais que realmente possuíam potencial para trabalhar com nosso destino.





A ação foi iniciada com os famtours. Incomings Brasil foram convidados a desenvolver e operar roteiros para apresentar o Brasil e o Mato Grosso do Sul aos operadores internacionais. Assim, nesta etapa já se iniciaram os relacionamentos comerciais e a vivência de experiências no país e no Mato Grosso do Sul. Os tours aconteceram de 03 a 06/11.



Dia 07/11 o Mato Grosso do Sul recebeu, em Campo Grande, todos os participantes do evento em uma grande festa de abertura. O evento aconteceu na Esplanada Ferroviária, um local histórico de grande importância para o estado. No evento, os participantes foram ainda apresentados ao Mato Grosso do Sul e toda sua rica gastronomia e cultura. Pratos típicos como porco no rolete, chipa, caldo de piranha, sopa paraguaia e sobá foram servidos junto a cervejas artesanais locais. Havia um ambiente tecnológico onde os participantes podiam conhecer e experienciar o estado através de realidade virtual. Para animar a festa, artistas locais consagrados apresentaram músicas regionais.  Este evento mostrou toda a diversidade do MS para todos os participantes, inclusive aos que fizeram famtour em outros estados.



Nos dias 08 e 09/11, o evento transcorreu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, num espaço onde experiências do MS ainda estavam disponíveis. Um estande representava a cultura pantaneira com a presença de um peão pantaneiro e elementos da cultura local como bruacas, bancos feitos de toco de árvore, a bebida tereré, o visual do homem pantaneiro com sua faixa paraguaia e chapéu. Em outro estande, mais uma ação de realidade virtual que permitia aos participantes a experiência de uma flutuação em Bonito/Serra da Bodoquena. A pessoa é içada e fica pendente no ar. Com os equipamentos, óculos de realidade virtual e sensores nas mãos, pode fazer movimentos de nado e “nadar em nossos rios”. Foi um sucesso. 



Paralelamente, sessões plenárias em palestras de profissionais dividindo experiências exitosas e debatendo os desafios do turismo de aventura e ecoturismo mundialmente proporcionaram aos participantes a ampliação de conhecimento e práticas. Ocorreram também 4 rodadas de negócios, onde todos puderam conhecer possíveis parceiros capazes de enriquecer seu trabalho, conhecer ainda mais destinos para incluir em seus pacotes e fazer contatos para operacionalizá-los. 



O evento se preocupou em oferecer a todos uma grande experiência, seja em vivência, seja em realização de parcerias e contatos comerciais.

O 1º AdventureNEXT Latin America, que aconteceu em Campo Grande de 07 a 09 de novembro, superou as expectativas de empresários do setor e da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, da Embratur e da Adventure Travel Trade Association (ATTA), uma das principais organizações promotoras do ecoturismo e turismo de aventura do mundo. A entidade, parceira da FundturMS no evento, reúne mais de 1.100 associados de 90 países, entre as principais operadoras de viagens, jornalistas e órgãos ligados ao ecoturismo e o turismo de aventura. 



Foram 3 dias de negócios, palestras e networking entre operadoras nacionais e internacionais, trade turístico local e jornalistas, que também vieram de várias partes do mundo. O evento alcançou o objetivo de dar visibilidade ao Mato Grosso do Sul enquanto destino de ecoturismo e turismo de aventura e de aproximar os operadores internacionais com o trade estadual. O feedback do público presente foi o melhor possível. Aproveitamos vários espaços no evento para apresentar nossos produtos como as Cavalgadas Pantaneiras, através de vídeos durante almoços e palestras e do nosso estande, que foi todo decorado com temas pantaneiros. 



Segundo o estudo da Demanda Turística Internacional, realizado pelo Ministério do Turismo, considerando que 56,8% das viagens de turistas estrangeiros ao Brasil são motivadas pelo segmento de lazer, o ecoturismo e o turismo de aventura representam cerca de 20% dessa motivação. É o segundo maior, atrás apenas do Sol e Praia. De acordo com a ATTA (Adventure Travel Trade Association), o Brasil é um dos principais destinos de ecoturismo e turismo de aventura do mundo. Ter o Mato Grosso do Sul posicionado e em destaque dentro desse mercado é de extrema importância para a consolidação do destino.




Dentre os operadores emissivos (compradores) convidados a participar do evento após a pesquisa incial de seleção,  83% já trabalhavam com a América do Sul, 51% possuiam destinos brasileiros em seus pacotes e 19,50% já trabalhavam com o Mato Grossso do Sul.



A expectativa de resultados mais concretos e maduros é após um ano da realização do evento, porém, já após seis meses, fizemos uma nova sondagem, apenas por consulta de pacotes nos sites dessas operadoras, e foi constatado que 85% estão trabalhando com América do Sul, 58% com Brasil e 24% com Mato Grosso do Sul. 



Enfim, os resultados são muito satisfatórios sob diferente óticas e a realização do evento cumpriu totalmente com o papel da Fundtur de apoio à comercialização e promoção do turismo de Mato Grosso do Sul no mercado internacional.